MERCADO

Histórico de produção de sementes de urucum no Brasil

O Brasil produzia 1.200 Toneladas de sementes de urucum em 1987. Em 1990 já produzia 6.400 Toneladas e em 2015 a produção nacional de sementes de urucum chegou a mais de 14.000 Toneladas, tornando o Brasil o maior produtor, consumidor e exportador mundial de corantes e sementes de urucum. Em 2016 uma série de problemas climáticos diminuiu a safra brasileira em aproximadamente 12%, que foi estimada em 12.817 Toneladas (IBGE). A Figura apresentada a seguir mostra a evolução da produção de sementes de urucum no Brasil nos últimos 27 anos. (Clique sobre a imagem para ver em tamanho maior)

Histórico de preços de sementes no Brasil

O gráfico a seguir apresenta a evolução dos preços das sementes de urucum desde 1994. Os dados foram calculados com base na publicação da Produção Agrícola Municipal do IBGE (Valor da produção/Quantidade produzida). No ano de 2016 o preço praticado para sementes com teores de bixina superiores a 4% foi muito superior ao valor médio estabelecido pelo IBGE, chegando a cifras superiores a R$10 por quilo de semente.

Estimativa de consumo de colorífico

A Região Nordeste apresenta um consumo de colorífico de aproximadamente de 9.200 toneladas por ano. Isso representa mais de 60% do consumo nacional.

Estimativa de preço justo para sementes de urucum

O produtor de sementes de urucum Eduardo Giuliani da Fazenda Pantanal em Mato Grosso do Sul apresenta um artigo onde discute a teoria de Preço Justo para a semente de urucum. Segundo o autor o Preço Justo para esse produto é um valor que dê margem de lucro de 20% ao produtor com boa produtividade (acima de 900kg/ha) e qualidade (acima de 5% de bixina). Segundo o autor, esse valor seria algo em torno de R$ 1,32 por percentual de bixina por quilo de semente. O autor também considera que esse valor varia anualmente pela inflação e pela produção da safra daquele ano. Com base nesses argumentos e considerando uma perda de 62% na safra de 2016, o preço praticado por ele na última safra (2016) foi de R$ 3,46 por percentagem de bixina por quilo de semente ou   R$ 19,73 por quilo de semente.

Veja o artigo completo clicando sobre o "pdf" abaixo.

Histórico de produtividade de sementes de urucum no Brasil

O gráfico a seguir apresenta a evolução da produtividade do urucum desde 1990 até 2015, com base na publicação da Produção Agrícola Municipal do IBGE [Tabela 1613 - Rendimento médio da produção (quilograma por Hectare)]. Os Dados do ano de 2016 ainda não foram divulgados, mas quebras superiores a 30% foram observadas em algumas regiões produtoras de sementes de urucum. 

Produção mundial de sementes de urucum

O Brasil lidera a produção mundial com uma estimativa de safra em 2016 de pouco mais de 10.000 Toneladas, representando 39% da produção mundial, seguido pelo Perú com 22%, Costa do Marfim e Gana com 18%  e Kênia com 7%. Veja o gráfico dessa produção a seguir.

© 2017 www.ourucum.com.br.