OUTROS PRODUTOS DAS SEMENTES DE URUCUM

 

Geranilgeraniol

O termo geranilgeraniol tem sido utilizado para descrever um álcool diterpeno de cadeia linear, de cor amarelo claro, com peso molecular de 290, ponto de ebulição de 390ºC a 760mmHg e densidade de 0,88 g/ml. Sua fórmula estrutural pode ser descrita como: all trans-3, 7. 11, 15-tetrametilhexadecatetra-2, 6, 10, 14-em-1-ol. Solúvel em solventes orgânicos como clorofórmio, acetona e álcool, o geranilgeraniol é conhecido como um intermediário de biossínteses importantes, como a da vitamina K , de tocoferóis e tocotrienóis, de diversos hormônios e dos carotenóides.

A presença de geranilgeraniol em sementes de urucum foi citada por CRAVEIRO e colaboradores em 1989, que já insinuava que algumas das propriedades farmacológicas do urucum poderiam estar associada à presença dessa substância. Em um estudo conduzido pelo laboratório de corantes naturais do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) em 62 amostras de sementes de diferentes acessos do banco de germoplasma de urucum do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), mantido no Pólo Regional Centro Norte da Agência Paulista de Tecnologia do Agronegócio, no município de Pindorama, SP, a concentração de geranilgeraniol variou de 0,5 ± 0,05 g/100g a 2,6 ± 0,3 g/100g.

Na medicina o geranilgeraniol tem sido usado com sucesso na profilaxia e no tratamento de diversos tipos de câncer [(MYERS et al., (1997); BURKE et al.(1997); VIRTATEN et al. (2002); ESPINDOLA (2005); FISHER et al. (1999); VASCONCELOS et al. (2004); McGUIRE & SEBTI (1997)]. O sucesso da utilização dessa substância no tratamento de câncer foi objeto de patente de SEBTI e McGUIRE (2000). Em 2004, TAN solicitou patente nos Estados Unidos do uso de extratos do urucum, incluindo geranilgeraniol. Além do auxílio no combate ao câncer, o geranilgeraniol tem sido apontado como importante para outros aspectos de saúde como na inibição do crescimento doStaphylococcus aureus (INOUE et al., 2005), no combate ao Tripanossoma cruzi (MENNA-RARRETO, et al., 2008) e como inibidor daMicobacteria tuberculosis (VIK et al., 2007).

 

Tocotrienóis

Os tocotrienóis são substâncias que apresentam forte atividade antioxidante e são conhecidas por fazerem parte das substâncias com atividade vitamínica E. Essas substâncias são constituídas por estruturas de natureza isoprênica, com um anel cromanol e uma cadeia lateral com 16 átomos de carbono. Os tocotrienóis são encontrados principalmente nas formas alfa, beta, gama e delta. Essa terminologia é utilizada em função da posição do grupo metila no anel cromanol. No óleo de urucum, os tocotrienóis são formados predominantemente pelos isômeros gama e delta-tocotrienol, com esse último podendo alcançar uma concentração superior a 90% das formas presentes. Os tocotrienóis apresentam-se como um óleo viscoso, inodoro, de coloração avermelhada e são praticamente insolúveis em água e solúveis em óleo vegetal e solventes apolares.

No metabolismo humano, os tocotrienóis apresentam atividade antioxidante bloqueando as reações de oxidação dos lipídeos e protegendo a membrana celular do ataque de radicais livres. O delta-tocotrienol tem sido associado a propriedades neuro-protetivas, anti-câncer e redutoras de colesterol (SEM, et al. 2007).

Segundo TAN (2004) o urucum é uma das raras plantas que contém tocotrienóis em uma proporção muito superior aos tocoferóis. A literatura cita uma concentração de tocotrienóis em sementes de urucum próximo a 140mg/100g (FREGA et al., 1998). Nos estudos conduzidos por nossos laboratórios em sementes de diferentes acessos do banco de germoplasma de urucum do Instituto Agronômico – IAC, a concentração de tocotrienóis variou de 0,25 ± 0,02 g/100g a 1,41 ± 0,11 g/100g

© 2017 www.ourucum.com.br.