COMPOSIÇÃO DAS SEMENTES DE URUCUM

A semente de urucum apresenta em sua superfície um arilo (pericarpo) que possui várias substâncias além do pigmento vermelho característico (veja a ligura ao lado). Este arilo representa cerca de 5 a 10% do peso da semente, dos quais aproximadamente 30% são representados pelos carotenóides. A composição centesimal da semente sem o arilo e do arilo separado mecanicamente das sementes está apresentada a seguir.

Os laboratórios do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) de Campinas - SP. realizaram um estudo sobre a composição da sementes, cachopas, folhas e galhos de urucum onde além da composição centesimal foram analisados vários micronutrientes. O resultado desse estudo está resumido na Tabela apresentada a seguir (CARVALHO et al,1991).

A composição de aminoácidos de um farelo de sementes de urucum foi estudada por QUEIROZ et al (2006) e está apresentada na Tabela a seguir.

Em um estudo com 25 acessos de urucum da coleção do Instituto Agronômico (IAC), instalada no Polo Regional Centro Norte em Pindorama (SP), nossos laboratórios observaram uma variação do teor de lipídios das sementes (em base seca) de 2 a 4% (CARVALHO et al, 2010). MATOS et al (1992) analisaram os ácidos graxos de sementes de urucum. Os autores citam um rendimento da extração de óleo de 2,3% e identificam a predominância dos ácidos graxos Linoléico (19,4%), Palmítico (19,3%), Oléico (15,5%) e Esteárico (13,0%). A Tabela a seguir apresenta a composição de ácidos graxos do óleo de sementes de urucum.

© 2017 www.ourucum.com.br.