Lançamento do livro "Urucum - Uma semente com a história do Brasil"


Apresentação do livro: Em 1936, José Freire descreveu o urucum como “uma cultura que embora relegada para um plano de completo indiferentismo, merece, contudo, o carinho de uma exploração em larga escala”. A previsão de Freire se confirmou e o urucum rapidamente passou de uma cultura extrativista para plantios comerciais, tornando-se a fonte do pigmento natural mais utilizado pela indústria de alimentos e cobiçado pelas indústrias cosmética, têxtil e farmacêutica.

O sucesso conquistado por essa cultura fez com que se multiplicassem as pesquisas e as últimas décadas foram marcadas por melhoramentos genéticos que resultaram em maior produtividade e, principalmente, maior teor de pigmentos. A concentração de bixina – o carotenoide majoritário nas sementes de urucum – superou as médias históricas de 2,5% e já atinge valores superiores a 5% em diversas variedades. A produtividade alcança níveis superiores a 1500 kg/ha e as tecnologias de produção e utilização dos corantes obtidos a partir das sementes de urucum atingem altos níveis de sofisticação. Tudo isso se soma às recentes pesquisas que identificaram e já extraem, em nível industrial, substâncias que podem explicar as propriedades farmacológicas historicamente atribuídas ao urucum. Essa publicação desse livro busca resgatar esses conhecimentos, abordando temas que vão desde aspectos agronômicos como: variedades, tipos, propagação, manejo, tratos culturais e colheita, a aspectos químicos, fitoterápicos e tecnológicos, como a composição das sementes, tecnologias de produção dos corantes e sua utilização em alimentos. Saiba mais.

Adquira seu exemplar pelo e-mail cial@ital.sp.gov.br

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 www.ourucum.com.br.