Produtores de urucum desenvolvem novas técnicas para atender a demanda crescente pelo produto


Os membros da Associação dos Produtores Rurais, Industriais e Moradores de São João do Pau d’Alho (Aprimor), o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR), a Prefeitura Municipal e a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do seu órgão de extensão rural, a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) se uniram para trabalhar por uma proposta de Projeto de Desenvolvimento Rural – Microbacias II – Acesso ao Mercado. A intenção foi beneficiar os agricultores familiares produtores de urucum de São João do Pau d’Alho e fazer com que conquistassem novos mercados para seu produto, além de gerar emprego e maior renda na atividade. O projeto para a aquisição da máquina que recolhe e separa as sementes de urucum foi aprovado na 3.ª Chamada Pública, com o valor de R$ 364 mil, sendo apoiados pelo governo do Estado e Banco Mundial o montante de R$ 254.800,00 e R$ 109.200,00 pagos pelos produtores.



Vídeo: Clique aqui

Posts Em Destaque
no-posts-feed.on-the-way
no-posts-feed.stay-tuned
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 www.ourucum.com.br.