A análise dos pigmentos da semente de urucum – Parte III

Quase todo resultado de uma análise química trás embutido uma incerteza. Essa incerteza deve ser expressa no laudo analítico e geralmente vem logo depois do resultado da análise e é apresentado entre parênteses ( ) ou antecedido de uma notação de “mais ou menos” (±). Por exemplo: uma análise de bixina em sementes de urucum cujo resultado foi 4,0 gramas de bixina por 100 gramas de semente (ou 4%) e cuja incerteza foi de 0,2 g/100 g (ou 5% do valor encontrado) deveria ser expressa das seguintes formas: Bixina = 4,0 g/100 g (0,2 g/100 g) ou 4 g/100 g ± 0,2 g/100 g. Mas o que isso significa? No processo analítico, ou seja, durante a realização da análise, várias etapas são necessárias. Por exemp

A análise dos pigmentos da semente de urucum – Parte II

Dando continuidade às nossas postagens sobre a análise de sementes de urucum vamos tentar esclarecer um pouco o que esses métodos analíticos buscam avaliar e como isso é feito. Não tenho como evitar o uso de alguns termos técnicos, mas tentarei sempre que possível substituir ou esclarecer esses termos. Talvez uma das principais confusões nessa área seja referente ao pigmento que está sendo avaliado. Como já apresentamos na postagem anterior o principal pigmento das sementes de urucum é denominado “Bixina” (pronuncia-se bicsina). A Bixina é um pigmento com características especiais. Ela não é solúvel em água, mas é solúvel em alguns solventes como a acetona e o clorofórmio. Sua estrutura quím

A análise dos pigmentos da semente de urucum – Parte I

A safra começou e o momento é de comercialização das sementes. A maioria das empresas tem comprado as sementes considerando a concentração de “bixina”. Bixina é o nome dado ao principal pigmento das sementes de urucum e sua concentração é o melhor indicativo da qualidade da semente. Mas é na hora de avaliar os resultados das análises das sementes que começam a aparecer as dúvidas. Diferentes laboratórios têm apresentado resultados diferentes para o mesmo lote de sementes. Por que isso acontece? Qual valor é o correto? Como interpretar esses resultados? Vamos tentar em algumas postagens esclarecer um pouco esse assunto. O primeiro cuidado deve ser tomado com a amostra que está sendo enviada p

Bem vindo

Esse Blog foi criado para a divulgação e troca de informações sobre o urucum (Bixa orellana L). O urucum, o urucueiro ou urucuzeiro é definido nos dicionários como "arvoreta da família das bixáceas (Bixa orellana, L.), habitante da mata, cultivada extensamente, de folhas grandes e moles, cujos frutos são cobertos de longas pontas secas e cheios de sementes pequenas. O arilo, que envolve as sementes, fornece matéria corante vermelha especial, que era utilizada pelos índios para pintar o corpo e proteger a pele da radiação ultravioleta. Essa matéria é empregada na culinária como colorante e condimento". Atualmente sabemos que as sementes de urucum fornecem muito mais que pigmentos e sobre isso

Posts Em Destaque
Publicações recentes
Arquivo
Procurar por tags

© 2017 www.ourucum.com.br.